Sinais de Ansiedade Depoimento Whindersson Nunes

17-01-2020

Sinais de Ansiedade: 5 depoimentos de quem já sofreu com isso

Alguns sinais de ansiedade podem indicar que este sentimento, natural e até saudável, se tornou um problema. Neste artigo, reunimos depoimentos de pessoas que enfrentaram os chamados transtornos da ansiedade. Quais os sintomas identificados e como foi o tratamento.

 

A ansiedade é um sentimento natural que pode ser encarado de maneira positiva quando em níveis adequados. É uma resposta do nosso corpo para situações de estresse. Uma antecipação de algo que está por vir, que muitas vezes pode nos proteger de reais problemas.

 

Sinais de Ansiedade

De certa forma, todo mundo enfrenta situações de ansiedade. Quando temos um evento importante se aproximando, como uma viagem de avião, uma entrevista de emprego, é totalmente natural pensar nisso com mais frequência, com certo nervosismo.

Mas quando este sentimento se torna frequente no nosso dia a dia, originando-se de situações mais corriqueiras, pode ser que estejamos enfrentando alguns dos transtornos de ansiedade.

 

Ansiedade sem tabu

Por mais presentes que os Transtornos de Ansiedade possam estar no cotidiano atual, o assunto ainda é encarado como tabu. E não estamos falando “dos outros”. Falamos de nós mesmos. Lidando com os nossos próprios sentimentos, ou julgando amigos e familiares.

Aceitar que você pode estar lidando com uma doença psiquiátrica é o primeiro passo para o tratamento. Mas nem sempre estamos dispostos a buscar ajuda. Não aceitamos, não queremos acreditar que isso esteja acontecendo com a gente.

Por isso, neste artigo, no lugar de explicar a ansiedade cientificamente, decidimos reunir depoimentos corajosos de pessoas que já a enfrentaram na vida real. Quais os sinais de que a ansiedade se apresentava em forma de transtorno, quais diagnósticos e como foi passar por cima de tudo isso.

 

O que é um Transtorno de Ansiedade

Antes de ir para os depoimentos, achamos importante oferecer uma breve (mesmo) explicação sobre o assunto, para esclarecer qualquer dúvida. Quem quiser ir direto para os vídeos, pode rolar a página. Sem problema nenhum 🙂

Como falamos anteriormente, a ansiedade é um sentimento natural. O que não é, embora seja comum, são os Transtorno de Ansiedade. Eles são caracterizados pela ansiedade em excesso, e diagnosticados por diferentes sintomas, de acordo com o Manual de Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5).

Neste artigo tratamos o assunto de uma maneira mais técnica. Mas aqui estão alguns exemplos de como os transtornos se apresentam:

Entre outros.

 

Quais os sinais de que a minha ansiedade se tornou um problema

A ansiedade é identificada por diversos sintomas. E por isso existem tantos tipos de transtorno, cada um com seu tratamento específico. Um meio de identificar que isso se tornou um problema na sua vida, é quando os sintomas aparecem em excesso, ao longo de vários meses, de um jeito que você não consegue controlar.

 

Sinais de Ansiedade: quais os sintomas mais comuns

Aqui vamos listar os sintomas de ansiedade mais comuns. Lembrando que todos eles estão presentes no cotidiano de todas as pessoas. O ponto é como eles surgem, com que frequência, e quão difícil é controlá-los.

 

Sintomas físicos:

  • Suor
  • Coração acelerado
  • Falta de ar
  • Aperto ou dor no peito
  • Formigamento ou tremores
  • Insônia
  • Dores musculares
  • Dor de barriga
  • Dor de cabeça
  • Tontura
  • Boca seca

 

Sintomas emocionais e cognitivos:

  • Nervosismo
  • Medo
  • Dificuldade de tomada de decisão
  • Discurso acelerado
  • Dificuldade de concentração
  • Preocupação muito além do necessário
  • Facilidade de irritação
  • Impulsividade e agressividade

 

Como tratar

Como você deve ter percebido, os Transtornos de Ansiedade se apresentam por meio de diversos sintomas, e por diferentes diagnósticos. Por isso, a tarefa de identificar se você realmente está passando por este problema, e qual especificamente, é de responsabilidade médica. Muitas vezes os transtornos aparecem acompanhados de outros, e identificar isso é crucial para o tratamento.

Normalmente o tratamento de ansiedade envolve uma combinação de terapia comportamental, psicoterapia e medicamentos. Novamente, somente um profissional da saúde ou psicologia está capacitado para definir quais serão as estratégias de combate.

 

Práticas alternativas

Existem algumas atividades que são recomendadas para quem sofre de ansiedade, e podem contribuir positivamente para o seu tratamento. Meditação, ioga, práticas respiratórias, são algumas delas. O mesmo vale para buscar organizar sua rotina, estudar práticas de gerenciamento de tempo, como criar listas de tarefas diárias, metas tangíveis, e por aí vai.

 

7 depoimentos de quem enfrentou a ansiedade

Como falamos anteriormente, o objetivo deste post é ser muito mais prático do que científico. Selecionamos depoimentos de 7 pessoas que já enfrentaram algum tipo de transtorno de ansiedade. São vídeos no Youtube de diferentes tipos de personalidade. Canais reconhecidos, outros que estão começando a publicar na plataforma. O ponto em comum em todos eles é a vontade de ajudar quem já passou por isso. Afinal, só quem é ou já foi diagnosticado com o problema tem a real leitura do que isso significa.

Alguns vídeos são mais curtos, outros nem tanto. Para facilitar, descrevemos os pontos principais de cada um.

 

1 – Dubruskii – 10 sinais que indicam que você tem ansiedade

O que é: um dos vídeos em que a YouTuber fala sua história ao enfrentar a ansiedade. Seu youtube não é sobre isso, mas ela fala abertamente sobre o tema.

O que fala: no vídeo ela conta 10 sintomas de quem tem ansiedade, fazendo uma relação com o que ela sentiu. Um dos exemplos apontados são os seus tremores nas mãos.

 

2 – Vanessa Lino – Depressão e Ansiedade: minha história

O que é: neste vídeo, a vlogueira Vanessa Lino conta sobre sua experiência com ansiedade e depressão. Em seu canal, ela normalmente conta sobre sua vida na Holanda, sua rotina, moda, estilo e receitas. Mas neste vídeo ela abre o coração sobre o tema.

O que fala: ela comenta como foi sua experiência. Sobre como foi sempre ativa, corajosa, sem medo. Mas que, em decorrência da separação dos pais, acabou por desenvolver crises de ansiedade e depressão. Outro ponto interessante é sobre como foi difícil para ela admitir que estava sofrendo com o problema, e como botou o orgulho de lado para buscar ajuda.

 

3 – Eduardo Destro – Depoimento de quem teve Síndrome do Pânico e Ansiedade Generalizada. Achei que estava morrendo!

O que é: o canal do Eduardo é dedicado a vendedores e compradores no Mercado Livre e Amazon. Mesmo assim, ele achou importante mostrar sua visão de paciente com depressão e ansiedade, mesmo que não tenha conhecimentos técnicos sobre o tema.

O que fala: no vídeo ele conta sobre sua história e o que o motivou a falar sobre isso. É o segundo vídeo em que toca no tema. Ele começa pela ansiedade, como ela afeta vendedores (o seu mercado) e pessoas que atuam em outras áreas. Para ele, a palavra ansiedade é empregada de forma errada. Pois sempre recebe um enfoque benéfico na infância (ansioso por algo = feliz). Ele conta sobre como foi difícil aceitar sua ansiedade como algo prejudicial, pois para ele isso sempre foi comum.

 

4 – Bruna Vasques – Minhas crises de ansiedade

O que é: em seu canal, bruna fala sobre cotidiano, moda, beleza e dicas variadas. Neste vídeo ela decide falar sobre como foi enfrentar a ansiedade.

O que fala: é um vídeo curto, de 6 minutos e meio. Ela conta sobre como tudo começou. Seus pais enfrentaram um grave problema de saúde e se curaram. Mesmo lidando bem com a situação, após a resolução dos problemas dos pais, ela se pegou tendo crises de ansiedade. Tinha medo constante da morte e ataques com sintomas semelhantes ao de um infarto. É interessante ver como foi difícil para ela aceitar (e convencer os outros) que isso tudo era um problema de verdade.

 

5 – Karoliny Rezende – Depressão e Ansiedade – Meu testemunho

O que é: este é o primeiro, e um dos poucos, vídeos do canal de Karoliny. A sua experiência com o tema foi o que a levou a fazer o vídeo.

O que fala: entre outras coisas, ela conta sobre os sintomas que a levaram procurar ajuda, assim sobre como foi o seu tratamento. Karoliny conta que de certa forma sempre foi uma pessoa com níveis de ansiedade acima da média. Como tinha medo de falar em público, como era tímida, e como isso a levou a se sentir inferior aos outros. Um ponto interessante a ser observado, caso você tenha alguma crença, é a influência de religião no tratamento.

 

6 – Pryscila Evelin – Descobri que sofro de Ansiedade

O que é: Pryscila possui um canal com mais de 2,5 milhões de escritos. Sua linguagem é bem informal, jovem e descontraída. Mas neste vídeo, ela conta sobre como foi enfrentar a ansiedade.

O que fala: ela conta sobre como nunca imaginou que sofreria com ansiedade na vida, sobre como isso não condizia com o seu perfil. Ela foi pega de surpresa com crises de ansiedade, com problemas de autoestima e insegurança. É interessante ver como ela decidiu rápido procurar ajuda psicólogica, mesmo que fosse difícil pra ela aceitar o problema. Assim como sua personalidade e sua mensagem de que todos que sofrem com isso devem procurar ajuda.

 

7 – Whindersson Nunes falando sobre depressão

O que é: neste vídeo retirado do programa Fantástico, Whindersson Nunes, o maior youtuber do país, fala abertamente sobre o problema

O que fala: uma das partes mais interessantes deste vídeo está justamente no início. Sobre como Depressão e Ansiedade são problemas universais, e não “dão bola” para dinheiro ou classe social. Ele fala sobre como demorou para entender o problema e como seu desconhecimento no assunto o impedia de buscar ajuda.

 

Você reparou como são diferentes os perfis das pessoas em cada vídeo? Pois problemas como ansiedade e depressão são assim mesmo. Assistir estes vídeos nos possibilita dimensionar a abrangência do tema. Assim como nos ajuda a compreender que não estamos sozinhos, que existe uma luz no fim do túnel

Divulgar este tipo de depoimento é fundamental para que o mundo entenda a importância de buscar ajuda. Qual a sua opinião?

 

Gostou deste conteúdo?

Então siga o Zenfy no Facebook e Instagram! Receba dicas que vão te ajudar a viver mais feliz e tranquilo. Conteúdo semanal, descomplicado e com embasamento científico.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Zenfy (@zenfyapp) em