dormir bem

18-12-2020

Descubra 3 hábitos que estão te impedindo de dormir bem

Entenda quais são as vantagens de dormir bem e descubra o que tem atrapalhado o seu sono

 

Quem não gosta de dormir bem, não é mesmo? Porém, ter uma boa noite de sono nem sempre é fácil ou possível: problemas de trabalho, ansiedade, doenças… são muitas coisas que podem interferir, de maneira negativa, na nossa hora do sono. De acordo com alguns especialistas, um adulto deve dormir de sete a nove horas por dia para manter o bom funcionamento do organismo. Além disso, podemos dizer que o sono é um dos momentos mais importantes do nosso dia. Por isso, no nosso post de hoje vamos explicar o que é, afinal, dormir bem, assim como mostrar 3 (três) hábitos comuns das pessoas que impedem uma boa noite de sono. Ficou curioso? Vamos lá, então!

 

 

 

Por que é importante dormir bem?

 

Dormir bem é fundamental para nossa saúde, assim como para o nosso desempenho, conforme pontua o Ministério da Saúde. Além de atrapalhar a concentração no trabalho, dormir mal prejudica a saúde, pois o sono tem funções na fisiologia do nosso corpo e se paramos de dormir de forma adequada começamos a ter, depois de alguns anos, repercussões clínicas. Alguns exemplos é o ganho de peso, ansiedade e o aumento da pressão arterial.

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, o sono de qualidade pode melhorar o equilíbrio físico, mental e emocional do ser humano, fortalecendo o sistema imunológico e ajudando a prevenir doenças. Além disso, dormir bem pode trazer impactos também para o bom funcionamento do cérebro.

 

De maneira geral, podemos destacar as três principais funções do sono, que são:

 

  • descanso do organismo;
  • Preparação para o dia seguinte: quando dormimos, existe a limpeza de toxinas que são acumuladas durante o dia. O cérebro passa por um tipo de preparo para que as pessoas possam estar bem depois de acordado;
  • Preservação da memória: alguns estudos que apontam o grande potencial do sono para a preservação da memória. Durante os estágios do sono, há uma organização da memória em que são descartadas as memórias menos úteis para que haja uma reserva cerebral para conservação de outras.

 

Assim, podemos dizer que dormir bem funciona como uma espécie de “alimento”, pois repõe as energias, revigora o corpo e a mente e regula os indivíduos para uma nova jornada.

 

 

Dificuldade para dormir bem: principais distúrbios do sono

 

O Ministério da Saúde cita uma pesquisa do Instituto do Sono realizada em São Paulo capital. Apesar dos resultados ainda estarem sendo finalizados, o estudo aponta que os paulistanos dormem, em média, seis horas e meia durante a noite. Além disso, outros pontos que estão sendo destacados pela pesquisa:

 

  • 77% dos paulistanos sofrem de algum tipo de distúrbio do sono;
  • 60% queixam-se de insônia;
  • 41,7% roncam;
  • 32,9% são portadores de apneia obstrutiva do sono;
  • 24,3% têm pesadelos constantemente;
  • 9,3% sofrem com o bruxismo (ranger ou apertar os dentes).

 

Uma das principais manifestações dos problemas crônicos relacionados com o sono é a sonolência diurna exagerada, além de alterações do humor, de memória e das capacidades mentais, como aprendizado, raciocínio e pensamento.

Outro ponto que merece uma atenção especial é o ronco. No geral, quem ronca está esforçando sua musculatura respiratória para além de seus limites, além de estar sobrecarregando o coração. Assim, ao longo do tempo, é possível que o indivíduo que ronca possa ficar hipertenso e/ou apresentar infarto do miocárdio ou derrame cerebral.

 

 

 

3 hábitos que estão te impedindo de dormir bem

 

Quer conhecer alguns comportamentos que podem dificultar uma boa noite de sono? Destacamos aqui três:

 

 

Iluminação

 

Ter um ambiente apropriado é fundamental para dormir bem. E, neste quesito, a iluminação ganha destaque. A quantidade de luz influencia na produção da melatonina, hormônio que avisa ao cérebro que já é hora de dormir.

A luz branca ajuda a inibir a produção de melatonina, assim como a luz azul, presente na maior parte dos celulares.

Dentre as luzes, a luz vermelha é a que traz menor impacto para o nosso sono, pois interfere menos no ritmo circadiano.

 

 

Alimentação

 

Os alimentos e bebidas com cafeína (como o café, alguns tipos de chás e chocolates) podem dificultar uma boa noite de sono. Carne vermelha e alimentos muito gordurosas também dificultam o dormir bem. Para quem não dispensa esses alimentos e bebidas, a dica é a redução do seu consumo. Assim como evitar comê-los próximo a hora de dormir.

 

 

Ansiedade

 

Uma relação muito comum é entre a ansiedade e a insônia. Além disso, quando estamos ansiosos, muitas vezes aceleramos o cérebro e afastamos o sono.

A Associação Brasileira do Sono lançou uma Cartilha em 2019 com recomendações sobre a saúde do sono. Vale a pena conferir essas dicas.

 

 

Agora que você já sabe mais sobre dormir bem e conheceu 3 (três) hábitos que podem te afastar de uma boa noite de sono, que tal continuar se informando sobre os mais diversos temas relacionados com qualidade de vida, autoconhecimento e autocuidado mental? Tem muito conteúdo interessante no nosso blog, quer ver? Separamos aqui outros 4 (quatro) posts que, certamente, vão te interessar:

 

5 melhores aplicativos gratuitos para meditação guiada;

O que causa ansiedade?;

Ansiedade: um guia completo para entender e combater o problema;

Terapeuta holístico: as práticas integrativas no combate à ansiedade.

 

E para você se manter sempre atualizado e acompanhando as novidades, comece agora mesmo a nos seguir nas diversas redes sociais: Facebook, Instagram e também aqui no Blog Zenfy.